Bug Do Milênio: 3 lições de posicionamento das marcas

O apagão das redes nos forçou a buscar novas formas de trabalhar no mundo digital

No final do século passado, muitas pessoas temiam o tal do bug do milênio. O medo era real e envolvia uma pane geral das tecnologias, bancos e uma crise mundial. Lembrando que nessa época o mundo nem era tão hiperconectado e dependente da internet das coisas como é hoje!

Bom, nada aconteceu, mas 21 anos depois a gente pode dizer que viu o tal bug do milênio com o apagão das redes, que aconteceu ontem, o histórico dia 4 de outubro de 2021. O fato é que pessoas do mundo inteiro ficaram sem o Instagram, WhatsApp e Facebook por cerca de 7 horas.

Uma coisa é certa: tudo virou um caos! Com certeza você vai contar pro seu filhão do futuro a loucura que foi esse dia hehe!!! 

Quem se identifica?

Produtores de conteúdo surtando, usuários enlouquecidos, agências de comunicação à beira de um colapso, Facebook perdendo milhões, e por aí vai…

Mas, em meio a essa confusão, o que as marcas podem fazer? Essa é a hora de levantar a cabeça, segurar a coroa pra ela não cair e aprender a prosseguir.

Sabemos que situações como essa são raras, mas é interessante analisar como algumas marcas reagiram e aprender com elas. Por isso, separamos 3 dicas de como se adaptar nesses momentos!

1 – Corra para outras redes sociais!

Corre, Forrest!

Essa é óbvia, mas não poderia faltar. É tão óbvia, que uma galera realmente migrou para o Telegram, que não estava tão preparado, e acabou sofrendo uma instabilidade. Foi legal ver a galera se reunindo na rede, sem entender nada, rindo e esperando o Instagram voltar rsrs. #momentos

Mas quem reinou mesmo foi o twitter, que seguiu firme e forte abrigando os novos usuários e servindo de palanque para os incansáveis memes sobre o bug do milênio! 

Por isso, use as outras mídias para produzir conteúdos ou adaptar conteúdos antigos para o formato e linguagem de cada rede. A gente fez um post sobre isso e você conferir clicando aqui.

2 – Entre na onda!

Até o Zé entrou na brincadeira. Foto: reprodução da internet.

Algumas empresas resolveram, brilhantemente, mandar notificações para seus usuários brincando com a situação enquanto ofereciam descontos, cupons e outros benefícios. 

As marcas usaram memes, copys estratégicas e tudo mais! E quando tudo voltou ao normal, continuaram surfando no hype! Enfim, deram aulinhas de como ficar ligado e se adaptar rs.

 3 – Continue a criar!

Não é magia, é organização.

Sim, sabemos que tudo demorou para se estabilizar, mas é óbvio que em algum momento as coisas “voltariam ao normal”. 

Por isso, não esquente tanto a cabeça. Continue criando e deixando os conteúdos prontos para quando as redes voltarem. Não foi o fim do mundo, nem o fim da era das redes sociais, nem o fim do Instagram ou do Facebook. Tá tudo bem, ok???

Sabemos que muitas empresas foram afetadas com a pane nas redes, e que, em alguns casos, pouco poderia ter sido feito. Mas foi interessante ver o posicionamento de algumas marcas e empresas no momento do caos virtual!

E você, como reagiu a tudo isso? Surtou, ficou de boa ou foi reclamar no twitter rs?

Segue a gente lá no Instagram que prometemos sempre postar conteúdos (até o próximo bug).

One Reply to “Bug Do Milênio: 3 lições de posicionamento das marcas”

Leave A Comment